PPGH UPF tem projeto selecionado no Prêmio Funcultura

O projeto “Mobile City – Passo Fundo na palma da mão – A tecnologia conecta pessoas, a Mobile City conecta você à sua Passo Fundo” foi um dos premiados na 4ª Edição do Prêmio Funcultura. Selecionado na área de Arquitetura, Urbanismo, Patrimônio Material e Imaterial, o projeto desenvolvido por estudantes e egressos do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade de Passo Fundo (PPGH/UPF) tem o objetivo de proporcionar acesso a informações sobre bens patrimoniais da cidade de Passo Fundo, a partir do sistema de QR Code instalado em placas que identifiquem os bens. A premiação ocorreu na última sexta-feira, dia 11 de outubro, na Galeria Estação da Arte.

A partir da leitura dos QR Codes, instalados em construções históricas, monumentos, praças e demais espaços públicos de Passo Fundo, a população e os visitantes terão acesso, em tempo real, a informações sobre a história das construções, em uma linguagem acessível para todos. A proposta é recriar, em Passo Fundo, o que vem ocorrendo em cidades hub, como Curitiba, no Paraná, que reivindica o título de maior cidade interativa do Brasil.

A ideia do projeto é que a cidade dialogue com as pessoas, criando interatividade, entretenimento e conhecimento, sobretudo a respeito da história local, aspecto fundamental para uma formação crítica e cidadã. Na visão dos proponentes, conhecer o lugar onde se vive possibilita o desenvolvimento da valorização, do respeito e da preservação dos traços culturais de uma comunidade, fazendo com que, gradualmente, os indivíduos sintam-se pertencentes à cidade.

A equipe que lidera o projeto é composta pelos doutorandos do PPGH Jênifer de Brum Palmeiras, Juliana Favretto e Lisandro Lemos Machado, e pelo mestrando Djiovan Vinícius Carvalho. A iniciativa ainda conta com a colaboração da egressa do PPGH Me. Mariana Mattei e da arquiteta e jornalista Clarissa Ganzer.

MAVRS
Além do PPGH, o Museu de Artes Visuais Ruth Schneider (MAVRS), vinculado à Vice-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários (VREAC) da UPF também esteve entre os premiados. O projeto apresentado pelo MAVRS foi a exposição “Chegadas e partidas: a memória das locomotivas por Glauco Pinto de Moraes”, na área das Artes Visuais.

Sobre o Funcultura
Em sua quarta edição, o prêmio Prêmio Funcultura busca fomentar e valorizar a cultura através do financiamento de projetos culturais no município. Os dez projetos selecionados foram divulgados no dia 26 de setembro, pela Comissão Especial de Avaliação. Os requisitos avaliados foram: relevância cultural do projeto; estratégia de comunicação, divulgação e formação de público; viabilidade prática do projeto; planejamento/cronograma de execução do projeto; menor ônus financeiro para a comunidade; conformidade com os objetivos do edital; qualificação dos profissionais envolvidos.

Fonte: https://www.upf.br/noticia/ppgh-upf-tem-projeto-selecionado-no-premio-funcultura

Premiados os vencedores do Prêmio Funcultura de Passo Fundo

Aconteceu na manhã desta sexta-feira, 11, a entrega da premiação aos detentores dos projetos vencedores do Prêmio Funcultura de Passo Fundo. Dez foram os contemplados com troféus e cheques de R$ 8 mil.

A solenidade foi realizada na Galeria Estação da Arte, com a presença das autoridades, premiados e incentivadores da arte cultura local.

Os projetos vencedores foram os seguintes:

Móbile City: Passo Fundo na palma da mão
área de Arquitetura e Urbanismo e Patrimônio Material e Imaterial

Chegadas e Partidas: a memória das Locomotivas por Glauco Pinto de Moraes
área de Artes Visuais

Capoeira: Patrimônio Imaterial Cultural da Humanidade, nascida na escravidão
área de Cultura Popular

Dançando na Praça
área de Dança;

Poesias de Cantar História
área de Literatura

Prevenindo o Câncer Infantil com “Iro-Iro e o ovo de Páscoa”
área de Literatura

O X da Questão: reflexões sobre o tempo
área de Música

Palestra-Recital: Ópera “Flauta Mágica” na Alemanha
área de Música

Menina Bonita do Laço de Fita: um debate sobre a igualdade,
área de Produtores Culturais

Grupo Ritornelo de Teatro – 10 anos
área de Teatro

Os requisitos avaliados foram: relevância cultural do projeto; estratégia de comunicação, divulgação e formação de público; viabilidade prática do projeto; planejamento/cronograma de execução do projeto; menor ônus financeiro para a comunidade; conformidade com os objetivos do edital; qualificação dos profissionais envolvidos.

As setoriais para o prêmio foram Artes Visuais, Artesanato, Arquitetura e Urbanismo e Patrimônio Material e Imaterial, Cultura Popular, Dança, Empresas e Produtores Culturais, Literatura, Música, Sistema S e Teatro.

Fotos: Luiz Carlos Carvalho (Planalto News)

Fonte: http://rdplanalto.com/noticias/39604/premiados-os-vencedores-do-premio-funcultura-de-passo-fundo

Prefeitura entrega prêmios para dez vencedores do Funcultura

A Prefeitura de Passo Fundo entregou nesta sexta-feira (10) a premiação do Funcultura para os vencedores deste ano. O prêmio fomenta e valoriza a cultura através do financiamento de projetos culturais no município, viabilizado pela criação do Fundo Municipal de Cultura de Passo Fundo (Funcultura). Ao todo, 10 projetos foram agraciados, contemplando um para cada setorial que compõe o Conselho Municipal de Política Cultural (CMPC): Teatro, Música, Literatura, Dança, Artesanato, Arquitetura e Urbanismo e Patrimônio Material e Imaterial, Sistema S, Empresas e Produtores Culturais, Artes Visuais e Cultura Popular.

Em entrevista na Uirapuru, o prefeito Luciano Azevedo destacou o movimento importante que o programa traz para a cultura municipal. Para o prefeito, o prêmio já está consolidado, trazendo de forma democrática a distribuição de recursos públicos. Azevedo explicou que não é a prefeitura que escolhe quem recebe o incentivo, mas sim através de um edital onde acontece um julgamento por uma comissão de especialistas da área cultural.

Em entrevista na Uirapuru, o secretário municipal de Cultura, Henrique Fonseca, falou da consolidação do prêmio no incentivo a cultura municipal. Para Fonseca, o Funcultura demonstra o compromisso da gestão de acreditar em artistas, músicos, escritores e dançarinos.

Confira os premiados da 4ª edição do Funcultura:

GRUPO RITORNELO DE TEATRO – 10 anos
Autor: Instituto Cultural Ritornelo
Área do Projeto: Teatro

CAPOEIRA: PATRIMÔNIO IMATERIAL CULTURAL DA HUMANIDADE, NASCIDA NA ESCRAVIDÃO
Autor: Tiago dos Santos
Área do Projeto: Cultura Popular

PREVENINDO O CÂNCER INFANTIL COM “IRO-IRO E O OVO DE PÁSCOA”
Autor: Daniela Antonieta Luz Machado
Área do Projeto: Literatura

PALESTRA-RECITAL: ÓPERA “FLAUTA MÁGICA” NA ALEMANHA
Autor: Júlio Chagas Pitan
Área do Projeto: Música

O X DA QUESTÃO: REFLEXÕES SOBRE O TEMPO
Autor: Cláudio Wagner
Área do Projeto: Música

MÓBILE CITY – Passo Fundo na Palma da Mão
Autor: Jênifer de Brum Palmares
Área do Projeto: Arquitetura, Urbanismo, Patrimônio material e imaterial

DANÇANDO NA PRAÇA –
Autor: Sérgio da Luz
Área: Dança

MENINA BONITA DO LAÇO DE FITA: UM DEBATE SOBRE A IGUALDADE
Autor: Ana Cláudia Marques
Área do Projeto: Produtores Culturais

POESIAS DE CANTAR HISTÓRIA
Autor: Gian Rota de Camargo
Área do Projeto: Literatura

CHEGADAS E PARTIDAS: A MEMÓRIA DAS LOCOMOTIVAS POR GLAUCO PINTO DE MORAES
Autor: Museus Histórico Regional e de Artes Visuais Ruth Schneider
Área do Projeto: Artes Visuais

Fonte: https://rduirapuru.com.br/cultura/prefeitura-entrega-premios-para-dez-vencedores-do-funcultura/

Divulgado os vencedores do prêmio Funcultura

O prêmio fomenta e valoriza a cultura através do financiamento de projetos culturais no município.

O prêmio que fomenta e valoriza a cultura através do financiamento de projetos culturais no município, viabilizado pela criação do Fundo Municipal de Cultura de Passo Fundo (Funcultura), chega à quarta edição. A Comissão Especial de Avaliação divulgou os dez projetos que serão premiados. Os requisitos avaliados foram: relevância cultural do projeto; estratégia de comunicação, divulgação e formação de público; viabilidade prática do projeto; planejamento/cronograma de execução do projeto; menor ônus financeiro para a comunidade; conformidade com os objetivos do edital; qualificação dos profissionais envolvidos.

Os projetos
-Móbile City: Passo Fundo na palma da mão
área de Arquitetura e Urbanismo e Patrimônio Material e Imaterial
-Chegadas e Partidas: a memória das Locomotivas por Glauco Pinto de Moraes
área de Artes Visuais
-Capoeira: Patrimônio Imaterial Cultural da Humanidade, nascida na escravidão
área de Cultura Popular
-Dançando na Praça
área de Dança;
-Poesias de Cantar História
área de Literatura
-Prevenindo o Câncer Infantil com “Iro-Iro e o ovo de Páscoa”
área de Literatura
-O X da Questão: reflexões sobre o tempo
área de Música
-Palestra-Recital: Ópera “Flauta Mágica” na Alemanha
área de Música

-Menina Bonita do Laço de Fita: um debate sobre a igualdade,
área de Produtores Culturais
-Grupo Ritornelo de Teatro – 10 anos
área de Teatro

Os requisitos avaliados foram: relevância cultural do projeto; estratégia de comunicação, divulgação e formação de público; viabilidade prática do projeto; planejamento/cronograma de execução do projeto; menor ônus financeiro para a comunidade; conformidade com os objetivos do edital; qualificação dos profissionais envolvidos.

As setoriais para o prêmio foram Artes Visuais, Artesanato, Arquitetura e Urbanismo e Patrimônio Material e Imaterial, Cultura Popular, Dança, Empresas e Produtores Culturais, Literatura, Música, Sistema S e Teatro.

Funcultura
O Fundo Municipal de Cultura de Passo Fundo teve o primeiro passo através do projeto de lei de autoria do então vereador Juliano Roso, que foi vice-prefeito de Passo Fundo ao lado do prefeito Luciano Azevedo. Em 2014, Luciano sancionou o projeto do Funcultura, criando a lei nº 4.676.

Fonte: https://www.onacional.com.br/cidade,2/2019/09/27/divulgado-os-vencedores-do-premi,92867